Mapa Mofo

MAPA MOFO

vídeo | 12min
2012

Vídeo realizado a partir de imagens de mofo em paredes de casas situadas sobre os rios canalizados de Belo Horizonte.Faz parte do projeto “Entre Rios e Ruas”, que trata das relações entre cidade, meio ambiente e indivíduo, tendo como ponto de partida a relação que Belo Horizonte estabeleceu desde sua fundação e estabelece ainda hoje com os rios e córregos presentes em seu território.
Segundo Clarissa Diniz:
“Observando o comportamento da cidade em resposta à condição dos rios, a artista passou a – desde 2007 – acompanhar fotograficamente o afloramento da umidade das águas canalizadas, manifesta em forma de mofo nas casas situadas sobre os ribeirões encobertos. O testemunho cotidiano da água que desobedece a tentativa de contê-la será o passo inicial da artista diante dessa questão, constatação de uma condição urbana e social que é percebida na relação entre corpo, casa e cidade. Surge, então, a série de imagens que dá origem ao vídeo Mapa Mofo (2007-2012), nas quais o desenho úmido que vai se insinuando diariamente é enquadrado, formando espécies de manchas cartográficas. Lentamente, no vídeo projetado sobre cantos de espaços internos, os mapas formados pelo bolor conduzem uns aos outros, paulatinamente alterando e expandindo, fronteiras. O branco ganha tons ocres, o plano adquire volume: o rio se insinua por entre tijolos e massa corrida, como se desenhasse seu próprio percurso.”
Clarissa Diniz. “Rios, Ruas, Visibilidades”. In: Gomez, J.(org.). Isabela Prado: entre rios e ruas. Belo Horizonte: SESC Minas, 2012.